Navegação:  Tópicos da Ajuda > Módulos de movimentação > Módulos internos > Faturamento > NF-e >

Ajuda - Solução GDOOR PRO

 
Nota Fiscal Eletrônica - Outras funções

cab_nfe


Página Anterior Retornar ao Tópico Principal Próxima Página

       Neste tópico abordaremos os detalhes dos botões posicionados na parte superior da tela de faturamento.

 

gdoor14_faturamento_botoescabec

 


 

Integração

 

      Esta opção só pode ser utilizada a partir da criação de uma nova nota fiscal e por ela é possível fazer a importação de cupons fiscais para a Nota Fiscal Eletrônica. Para isto basta pressionar o botão Integração e selecionar a opção Integração com ECF.

    O comando de integração além de fazer a importação dos cupons fiscais, irá também fazer as notas de consolidação dos insumos, vale lembrar que os insumos são os "ingredientes" de uma composição.

    Para efetuar a NF-e dos insumos, devemos efetuar o seguinte procedimento:

    Acessamos Faturamento/Novo/Integração (na parte superior esquerda)/ Comandas.

 

 

gdoor14_faturamento_integracao

 

OBS: Este procedimento é válido somente para os itens que foram "produzidos" através do módulo de comandas.

 

      O Sistema permite emitir uma nota fiscal eletrônica de cupons fiscais já emitidos. Pode-se importar apenas um cupom ou ainda, selecionar vários cupons de um mesmo cliente para imprimir a nota fiscal dos cupons selecionados. É permitida a importação do mesmo cupom fiscal em NF-e´s diferentes.

      O sistema GDOOR, conforme regra da Receita, ao emitir uma NF-e referente a um cupom fiscal, usará os CFOPs 5.929 ou 6.929 conforme o estado (UF) do cliente indicado na nota ou cupom, também não irá mostrar e calcular os campos base de cálculo de ICMS e Valor do ICMS, e nas observações adicionais da nota teremos a seguinte observação “Nota referente ao cupom fiscal XXXXXX com impostos recolhidos no próprio cupom”.

      Não será dada baixa dos produtos que estão na nota quando for importado do cupom fiscal, pois tal procedimento já foi efetuado no momento da emissão do cupom fiscal.

      Para importar os cupons para a Nota, acesse o Faturamento, crie uma nova nota fiscal e após clique no botão Integração e utilize a opção Integração com ECF. A importação só é permitida quando o sistema está configurado para emissão da NF-e.

 

      Para importar um ou mais cupons, basta selecionar o(s) mesmo(s) no quadro a frente do número do cupom, e clicar Importar. É possível localizar um cupom digitando o número do cupom no campo destinado a localização pelo código.

      Caso seja necessária a emissão de uma nota referente a vários cupons do mesmo cliente, digite o nome do cliente no respectivo campo e Sistema vai mostrar os cupons feitos para o cliente solicitado. Para emitir a nota basta pressionar ENTER ou clicar em Importar.

 

gdoor14_faturamento_importacupom

 

      Na tela de importação as informações estão separadas por cabeçalho e itens do cupom, ou seja, na parte superior apresentará os dados principais do cupom como: Número, Nome do Cliente, Data, Loja/Caixa e total.

      Na parte de baixo, apresentará os dados dos itens como: Código, Descrição, Quantidade, Valor Unitário, Desconto e total.

 


 

Pedidos de Venda

 

       Esta opção só pode ser utilizada a partir da criação de uma nova nota fiscal e por ela é possível importar os pedidos de venda para a nota fiscal, ou seja, faturar os pedidos de venda.

 

       Para importar os pedidos para a Nota, acesse o Faturamento, crie uma nova nota fiscal e após clique no botão Pedido de Venda.

       Para importar um ou mais pedidos, basta selecionar o(s) mesmo(s) no quadro a frente do número do mesmo e clicar Importar. É possível localizar um pedido digitando o número do mesmo no campo destinado a localização pelo número.

       Caso seja necessária a emissão de uma nota referente a vários pedidos do mesmo cliente, digite o nome do cliente no respectivo campo e Sistema vai mostrar os pedidos feitos para o cliente solicitado. Para emitir a nota basta pressionar ENTER ou clicar em Importar.

 

gdoor14_faturamento_importapednfform

 

       Na tela de importação as informações estão separadas por cabeçalho e itens do pedido, ou seja, na parte superior apresentará os dados principais do pedido como: Número, Nome do Cliente, Data, Data Entrega e total.

       Na parte de baixo, apresentará os dados dos itens como: Código, Descrição, Quantidade, Valor Unitário, Desconto e total.

       Caso marcada a opção "Entregues" no cabeçalho, o sistema mostrará também os pedidos já entregues, caso contrário somente os que ainda não foram entregues.

 


 

Orçamento

 

       Esta opção só pode ser utilizada a partir da criação de uma nova nota fiscal e por ela é possível importar os orçamentos de venda para a nota fiscal, ou seja, faturar os orçamentos feitos previamente.

 

       Para importar os Orçamentos para a Nota, acesse o Faturamento, crie uma nova nota fiscal e após clique no botão Orçamento.

       Para importar um ou mais orçamentos, basta selecionar o(s) mesmo(s) no quadro a frente do número do orçamento e clicar Importar. É possível localizar um orçamento digitando o número do mesmo no campo destinado a localização pelo número.

       Caso seja necessária a emissão de uma nota referente a vários orçamentos do mesmo cliente, digite o nome do cliente no respectivo campo e Sistema vai mostrar os orçamentos feitos para o cliente solicitado. Para emitir a nota basta pressionar ENTER ou clicar em Importar.

 

gdoor14_faturamento_orcamento

 

       Na tela de importação as informações estão separadas por cabeçalho e itens do orçamento, ou seja, na parte superior apresentará os dados principais do orçamento como: Número, Nome do Cliente, Data, Vencimento e total.

       Na parte de baixo, apresentará os dados dos itens como: Código, Descrição, Quantidade, Valor Unitário, Desconto e total.

       Na importação dos orçamentos pode-se filtrar por situação (Todos, Cancelado, Entregue ou Pendente) para que fique mais fácil a localização do mesmo na listagem.

 


 

O.S.

 

       Esta opção só pode ser utilizada a partir da criação de uma nova nota fiscal e por ela é possível importar as ordens de serviço para a nota fiscal, ou seja, faturar as O.S.´s. Caso o sistema não esteja configurado para emitir as notas de serviço juntamente com as notas de produto, durante a importação das mesmas aparecerão apenas os produtos das O.S.´s.

 

       Para importar a Ordem de Serviço para a Nota, acesse o Faturamento, crie uma nova nota fiscal e após clique no botão OS.

       Para importar uma ou mais ordem de serviço, basta selecionar a(s) mesma(s) no quadro a frente do número da O.S. e clicar Importar. É possível localizar uma O.S. digitando o número da mesma no campo destinado a localização pelo número.

       Caso seja necessária a emissão de uma nota referente a várias O.S.´s do mesmo cliente, digite o nome do cliente no respectivo campo e Sistema vai mostrar as O.S.´s feitas para o cliente solicitado. Para emitir a nota basta pressionar ENTER ou clicar em Importar.

 

gdoor14_faturamento_os

 

       Na tela de importação as informações estão separadas por cabeçalho e itens da O.S., ou seja, na parte superior apresentará os dados principais da O.S. como: Número, Nome do Cliente, Data, Status e total.

       Na parte de baixo, apresentará os dados dos itens como: Código, Descrição, Quantidade, Valor Unitário, Desconto e total.

       Na importação das O.S.´s pode-se filtrar o tipo de item (Serviços, Produtos ou Ambos) caso haja necessidade de importar somente um tipo de item. Entre o quadro do cabeçalho e dos itens da O.S. há a opção para tal filtro. Caso desejado importar produto  e serviço, basta marcar a opção Ambos. Se o sistema estiver configurado para emitir a nota de produtos e serviços conjugadas, essa opção estará disponível, caso contrário ela ficará bloqueada apenas na opção "Produtos".

 


 

NFe

 

       O botão NFe no topo da listagem dá acesso ao menu com todas as funções da NF-e. Abaixo serão detalhadas todas as funções.

 

gdoor14_faturamento_botaonfe

       

       Testar Servidor NF-e: Verifica se o servidor da NF-e do estado do emitente está em operação. Caso esteja tudo ok, retornará a mensagem: "Serviço em Operação"

       Validar e Assinar: Cria o XML da NF-e, fazendo a validação dos dados da NF-e e assinando digitalmente o XML para posterior transmissão para a Receita. Esta opção somente estará disponível para as notas ainda não transmitidas. Após validar e assinar a nota, é possível enviar o XML por e-mail e imprimir o DANFE, porém a nota somente estará validada e assinada, não tem valor fiscal e não está autorizado o uso da NF-e. O Sistema apresentará um retorno da Receita indicando a validação e assinatura da NF-e.

       Transmitir: Transmite o arquivo XML para o servidor da Receita. Após a transmissão, o sistema recebe da Receita o XML com a autorização de uso na NF-e. A nota somente será válida se a mensagem de retorno for nota autorizada para uso. Ao finalizar esta operação, se a nota for autorizada, o sistema envia um e-mail do arquivo XML e uma copia do DANFE em formato PDF para o cliente (o envio automático do e-mail deve ser previamente configurado).

       Imprimir DANFE: Imprime o DANFE. A função de impressão do DANFE só estará disponível depois que a nota for validade e assinada, porém o DANFE somente terá valor quando a nota estiver autorizada. A impressão do DANFE pode ser feita em vídeo ou em impressora. Nas configurações da NF-e é possível configurar a impressora usada para imprimir o DANFE, bem como a quantidade de cópias do mesmo. A impressão do DANFE pode ser feita em retrato ou paisagem.

       Validar, Assinar, Transmitir e Imprimir DANFE: Realiza automaticamente a validação, assinatura, transmissão e impressão do DANFE em uma única operação. Ao finalizar esta operação, se a nota for autorizada, o sistema irá imprimir o DANFE e enviará um email do arquivo XML e uma cópia do DANFE em formato PDF para o cliente (o envio automático do email terá que ser configurado). Esta opção fica disponível apenas em notas com Status de processadas na listagem.

       Enviar XML e DANFE por e-mail: Realiza o envio do arquivo XML e do DANFE em formato PDF para o email do cliente. Para o correto funcionamento dessa função, o email do cliente precisa estar cadastrado na ficha de cliente. Após processar a nota para gerar e enviar o email, o Sistema mostra uma mensagem de confirmação de processamento concluído.

       Consultar NF-e (Atualizar): Consulta no servidor da Receita a situação da NF-e. Se necessário, o Sistema atualiza a situação da nota conforme o status da mesma na Receita. Tal recurso é muito útil, pois é possível ocorrer uma falha no retorno do XML da Receita para o GDOOR. Esta função só funciona quando a NF-e estiver na listagem como Validada e Assinada.

       Cancelar NF-e: Cancela a NF-e na Receita e também no Sistema. O prazo para cancelamento da NF-e é de 24 horas, contadas a partir do recebimento da autorização de uso da NF-e. O cancelamento somente será possível se a nota estiver com status de Autorizado o uso da NF-e. Se a nota estiver com outro status (Processada ou Validada e assinada) o sistema irá apagar a nota do banco de dados. Em ambos os casos (cancelamento ou exclusão) o sistema irá estornar todas as operações feitas na nota.

       Inutilizar numeração: Inutiliza uma faixa de numeração não utilizada na emissão da NF-e. A inutilização da numeração só será aceita na Receita se a numeração inutilizada não coincidir com nenhuma nota já existente. A inutilização é realizada apenas em casos em que a sequência da numeração foi interrompida, devido a falha no banco de dados, interrupção do servidor de NF-e do estado de origem da nota, fazendo com que a nota seja enviada para o servidor nacional (requer a mudança de série, com isto o sistema irá mudar a numeração da nota), problema no retorno do XML da receita ou exclusão de nota que não tenha sido autorizada e não seja a última nota registrada no sistema. A inutilização de numeração também requer uma justificativa, que será enviada para a Receita e terá um retorno autorizando ou não a inutilização da numeração.

       Apagar notas emitidas em homologação: Elimina todas as notas geradas em ambiente de Homologação. Esta opção não será mostrada se o sistema estiver configurado para emissão de notas em ambiente de produção.

       Consulta pela chave: Será realizada uma consulta no site da Receita para verificar o status da NF-e. Busca informação com base nos XMLs gerados no momento da validação e assinatura da nota

 

Carta de Correção (CC-e): Permite o envio da Carta de Correção Eletrônica (CC-e).

 

       A Carta de Correção Eletrônica pode ser enviada no máximo em até 30 dias após a autorização de uso da NF-e, e deve atender as condições de uso abaixo (em negrito)

 
A Carta de Correção é disciplinada pelo parágrafo 1º do art 7º do Convênio S/N, de 15 de dezembro de 1970 e pode ser utlizada para regularização de erro ocorrido na emissão de documento fiscal, desde que o erro não esteja relacionado com:

 

I - as variáveis que determinam o valor do imposto tais como: base de cálculo, alíquota, diferença de preço, quantidade, valor da operação ou da prestação

 

II - a correcão de dados cadastrais que implique mudança do remetente ou do destinatário

 

III - a data de emissão ou de saída

 

       Uma NF-e permite adição de até 20 Carta de Correção para mesma nota.

 
       Ao fazer uma Carta de Correção de uma NFE que já contenha um Carta de Correção, o sistema irá consolidar na última Correção todas as correção feitas anteriormente.

 

       Emissão da carta de correção somente poderá ser feita para notas que estiverem com o Status de Autorizada o Uso de NF-e.

 
       Para emitir uma Carta de Correção eletrônica, na listagem de dados da Nota Fiscal Eletrônica, clique sobre a nota para qual será emitida a Carta de Correção, depois de selecionada a nota, clique no botão NFe, no menu de opção clique na opção de Carta de Correção (CCe) .

 

       Na tela para emissão da Carta de Correção Eletrônica, no campo Texto da Correção, informe qual o motivo da correção (texto com um mínimo de 15 caracteres) e clique no botão Processar.

 

gdoor14_faturamento_cce

 

       Aguarde até que protocolo de envio apareça na tela e clique em OK na mensagem. O sistema irá enviar para o email do cliente o XML da carta de correção e um arquivo em formato PDF da impressão da Carta de Correção. Tanto no XML como na impressão em formato PDF, constará todas a correções feitas para a NF-e (caso exitir mais de uma correção).

 

       A tela da Carta de Correção Eletrônica está divida em quadros para melhor organização.

 

gdoor14_faturamento_ccecabec      

 Na parte superior da tela, estão concentrados os botões de processamento, impressão e envio por email do XML da Carta de Correção Eletrônica, além dos dados da NFE e o campo para digitar o texto da correção.

 

        Dados da correção: Campo com informação, do número da nota, série, data de emissão da nota e nome do cliente. Este campo não pode ser editado.

        Data da correção: Data e hora da emissão da carta de Correção. Este campo pode ser alterado.

        Sequência: Indica a sequência da carta. O Número máximo de sequências é de 19 por nota. Ou seja cada nota pode ter 19 carta de correção.

        Texto da correção: Campo para digitação do motivo da Correção. O texto da correção deve conter pelo menos 15 carácter.

        Processar: Botão para transmissão Carta de Correção.

        Imprimir: Faz a impressão da carta de Correção caso necessitar.

        Enviar Email: Envia para o email do cliente o XML da carta de correção e um arquivo PDF com com a impressão da Carta de Correção Eletrônica.

 

       Na parte intermediária da tela o sistema mostra as condições de uso.

 

gdoor14_faturamento_cceconduso

 

       Na parte inferior da tela é mostrado o grid com a relação de Cartas de Correções feitas e os botões de comandos.

 

gdoor14_faturamento_cceradape

 

       Esta listagem tem o funcionamento semelhante as demais listagens do sistema.

 

       Agrupa: Traz a tela de Agrupamento de informação (filtro).

       Campos: Mostra a tela com a relação de campos da Carta de Correção

 

       O sistema também permite a consulta de cartas de correções feitas, para isto basta clicar sobre uma nota cancelada ou que não esteja com o Status de Autorizada, clique no clique no botão NFe no menu de opção clique na opção de Carta de Correção (CCe).

 
       O sistema irá mostrar a tela de notas de correção, porém não permitirá a inclusão de texto.

 

       Para que os dados completo da Carta de Correção sejam mostrados na tela, de duplo clique sobre Carta que deseja visualizar.

 

       Ao consultar uma Carta de Correção o sistema não permitirá mais o processamento da mesma e nem alterações, porém irá permitir o envio do XML da Carta de Correção selecionanda para o cliente por meio de email e a também a impressão da mesma.
       

       Quando uma NF-e atingir o limite de correções permitido(20), o sistema não irá mais permitir a emissão de carta de correção para aquela nota.

 


 

Prazo

 

       A clicar no botão Prazo o sistema mostrará a tela que irá fazer a integração do módulo de Vendas com o módulo de Contas a Receber.

 

gdoor14_faturamento_prazo

 

       Na tela de lançamento da parcela, basta escolher o número de parcelas no campo "Nº Parcelas" que o sistema automaticamente gerará os vencimentos e valores de acordo com as configurações de parcelamento.

       Após escolhidas as parcelas basta clicar em Confirma que o sistema salvará as informações no pedido de venda e quando o mesmo for faturado, na nota de venda aparecerá o mesmo prazo\parcelamento.

 

       Documento de cobrança a ser gerado: Tipo de documento de cobrança que será gerado a partir do faturamento em questão

       Plano de contas: Local para informar o Plano de contas referente ao título que será criado a partir do faturamento em questão.

       Centro de custo: Local para informar o Centro de custo referente ao título que será criado a partir do faturamento em questão.

 

       Define Conta e Centro de custo mais utilizados como padrão: Caso esta opção esteja marcada, trará os centros de custo e plano de contas mais utilizados como padrão para o lançamento.

 


 

Listar

 

       A opção Listar, fará filtros na listagem da NFe para que apresente apenas alguma modalidade/status de Nota e/ou Cupom Fiscal.

       Nesta lista temos as seguintes opções:

 

gdoor14_faturamento_listar

 

       Notas Fiscais Eletrônicas: Apresentará na listagem apenas as notas fiscais eletrônicas lançadas.

       Números inutilizados: Apresentará apenas notas que tiveram seus números inutilizados.

       Cupons Fiscais e NFC-e: Apresentará todos os cupons fiscais e notas fiscais do consumidor eletrônicas.

       NF-e SCAN: Apresentará apenas as notas fiscais eletrônicas emitidas em ambiente SCAN.

 

       Ao navegar pelo cabeçalho da nota fiscal, a parte inferior da listagem mostra os itens da nota selecionada.
       A listagem tem todas as funções padrões de todas as listagens do Sistema.
       Para voltar para a tela de nota clique no botão Ficha. Para editar uma nota que não foi transmitida, posicione o cursor na mesma, clique em Ficha e após em Editar.

 

 


 

Copiar chave de acesso da NF-e

 

       A solução GDOOR disponibiliza o recurso de copiar a chave da NF-e, podendo ser utilizada para consultas em http://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/principal.aspx ou enviar para o cliente.

       A opção esta no módulo de faturamento. Basta abrir a NF-e desejada, clicar com o botão da direita sobre e escolher a opção Copiar chave de acesso da NF-e.

g15_nfe_copiarchave        

 

       Após, os 44 dígitos referente a chave de acesso estará na área de transferência do sistema operacional para ser colado aonde for necessário.

 


 

Localizar XML na pasta

 

       A solução GDOOR disponibiliza o recurso de localizar o arquivo XML específico da nota desejada.

       A opção esta no módulo de faturamento. Basta abrir a NF-e desejada, clicar com o botão da direita sobre e escolher a opção Localizar XML na pasta.

       

g15_nfe_localizarxml

       


 

NF-e de remessa

 

       A solução GDOOR disponibiliza o recurso de emissão de NF-e de remessa com ICMS para empresas optantes pelo Simples Nacional.

       Para efetuarmos a operação basta possuírmos a natureza de operação contendo a palavra REMESSA, e ao efetuar o lançamento do item na nota utilizar o CSOSN 900. Não é necessário efetuar a alteração do CSOSN no cadastro do item, basta efetuar a alteração no momento de lançamento do item na NF-e.

 

       


 

NF-e devolução

 

       A solução GDOOR disponibiliza o recurso de emissão de NF-e de devolução com ICMS para empresas optantes pelo Simples Nacional.

       Para efetuarmos a operação basta possuírmos a natureza de operação contendo a palavra DEVOLUCAO, e ao efetuar o lançamento do item na nota utilizar o CSOSN 900. Não é necessário efetuar a alteração do CSOSN no cadastro do item, basta efetuar a alteração no momento de lançamento do item na NF-e.

       Para NF-e de devolução é necessário referenciar o documento de saída através da guia Outros. Qualquer dúvida sobre a operação sugerimos verificar diretamente com seu contador.

       g15_nfe_devolucao

 

       


 

DIFAL

       A Emenda Constitucional (EC) 87/2015, publicada no DOU 1 de 17/04/2015, apresentou uma significativa mudança no conceito e no cálculo do ICMS nas operações interestaduais realizadas com o consumidor final não contribuinte de imposto.

       Na prática o diferencial de alíquota (DIFAL) é uma forma de recolher o ICMS para o estado de destino.

       Após o processo transitório de adequação, a partilha de alíquota proposta atualmente (2016) é a seguinte:

       

       g16_tab_difal

       Para entendermos melhor:

       Ano 2016 a UF de origem ficaria com 60% do imposto e a UF de destino com os outros 40% e sucessivamente até 2019 a UF de destino ficaria com todo o imposto.

       

       A tabela de alíquota a seguir, expressa a alíquota interna de cada estado.

       g15_tabela_icms        

 

Venda realizada no site e retirada na loja

 

       Cada vez mais o e-commerce é uma realidade presente nas pequenas e médias empresas do comércio brasileiro. Uma operação que veem se tornando mais comum é a venda no site da empresa e a retirada na loja física, sendo assim, é possível fazer a seguinte operação visando o correto uso do DIFAL.

       Basta efetuar o lançamento da NF-e, selecionar Consumidor, na aba Transportadora selecionar Indicador de presença como Operação Presencial . O cliente deve ser pessoa física, ou seja, o CPF deve estar corretamente cadastrado e a opção não contribuinte (cadastro do cliente) deve estar selecionada.

 

gpro_nfe_difal

 

          Após, basta emitir a NF-e normalmente.

 

 


 

Nota de Exportação

 

             A solução GDOOR Sistemas contempla a nota de exportação, ou seja, quando a empresa brasileira efetua vendas para fora do Brasil.

       O procedimento é simples, porém, é necessário verificar com o seu contador informações como qual o CFOP, CRT e código do BACEN que será utilizado na operação.

 

       1º Passo - Cadastrar a natureza de operação iniciando com 7. A descrição da natureza de operação deve iniciar com a palavra Exportação.

       Para efetuar o cadastro, basta clicar sobre o ícone Configurações (lateral direita)/ Tributos/ Botão Novo:

 

       g16_nfe_exportacao_CFOP

 

 

       2º Passo - Cadastrar o cliente.

       É necessário preencher o campo Nome do cliente, UF (deve conter EX), Município (deve conter Exterior), bairro, logradouro, número, pais e código do BACEN.

 

       g16_nfe_exportacao_cliente

 

       3º Passo - Efetuar o lançamento do produto na nota.

       É necessário que o campo CRT do item esteja preenchido com 41 ou 300 conforme orientação contábil.

       Após o lançamento dos itens basta clicar em salvar. Duas novas telas serão mostradas, será necessário preencher a UF de embarque da mercadoria e local de embarque:

 

       g16_nfe_exportacao_uf                                       g16_nfe_exportacao_local

       

       Seguindo estes passos a NF-e de exportação será transmitida corretamente.